Brain Damage ~

Filosofia, Política, Musica, Livros, Filmes e afins..
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Reborn!

Ir em baixo 
AutorMensagem
luiz
Administrador.
Administrador.
avatar

Número de Mensagens : 204
Idade : 28
Data de inscrição : 13/02/2008

MensagemAssunto: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 12:08 am

Alguem mais disposto a reviver o fórum?
Se sim, postem! Vamos discutir, qualquer coisa..
bounce

_________________
Ales Blau.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://quasefuga.blogspot.com
dinha
Aspirante.
Aspirante.
avatar

Número de Mensagens : 98
Idade : 28
Data de inscrição : 16/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 12:12 am

louisborntobewild!
aksdopkdaspokaposdas
eu topo topete..
quem quer filosofar põe o dedo aqui Oo"
aodskpoadskpdoaskpodas melhor não..
sobre o que vc gostaria de divagar louisiana?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
luiz
Administrador.
Administrador.
avatar

Número de Mensagens : 204
Idade : 28
Data de inscrição : 13/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 12:18 am

peixe!
vamos celebrar a estupidez humana, a estupidez de todas as nações. o meu país e sua corja de assassinos, covardes, esTRUpadores e ladrões!

topa topete?
=)

_________________
Ales Blau.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://quasefuga.blogspot.com
Eduardo~
Administrador.
Administrador.
avatar

Número de Mensagens : 131
Data de inscrição : 14/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 12:19 am

Glup, glup, glup!
Esse peixe trivisional não fala nada.
Vamos divagar sobre o amor!
óóóóó

_________________
Honra.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
luiz
Administrador.
Administrador.
avatar

Número de Mensagens : 204
Idade : 28
Data de inscrição : 13/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 12:22 am

"Só o amor constrói!" SEBENELLO, Vanessa; e MALLMANN, Claudia Aline Rippel Souza;



de acordo, em gênero, número e degráu.

_________________
Ales Blau.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://quasefuga.blogspot.com
dinha
Aspirante.
Aspirante.
avatar

Número de Mensagens : 98
Idade : 28
Data de inscrição : 16/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 12:26 am

sdpioajsdoiasjdoiajsoidjsaoida
agora eu sou souza? certamente eu casei com um negão *.* (todos podemos sonhar)pensei que falaríamos sobre o acasalamento das marmotas na época de inverno, ou mesmo a inibição de adh durante noites de doses compulsivas de alcool.. mas o assunto certamente está à nivel de..
melhor que falar sobre o amor é só sentí-lo, só o amor constrói, supracitando louisiana. Um daqueles prédios de bases sólidas com todas as fontes de cupidos nus, e os frufrus aos quais tem-se direito, embora eu ainda ache desnecessário as pessoas que falam com diminutivozinhos.. o amor não deve ser diminuido, deve ser engrandecido em seu máximo!! até que ee exploda e chova em todas as pessoas do mundo.. pra que todas se amem mutuamente (woodstock)
Very Happy
olééé
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
luiz
Administrador.
Administrador.
avatar

Número de Mensagens : 204
Idade : 28
Data de inscrição : 13/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 12:35 am

soa estranho, às vezes, o amor, porém quem o sente sabe exatamente que tudo que foi dito aqui é válido e real. parece que muitas vezes o amor é posto de lado, que nos levam a fazer isso.. mas não há como fugir, se tiver que ser, será.
falaremos também sobre o acasalamento das marmotas no inverno, pois é claro e visível que isso está diretamente associado ao amor, do contrário o frio inviabilizaria a reprodução. hoje sabemos, por exemplo, que o excesso de amor nos polos leva ao aquecimento global, efeito estufa e afins, junto com um pouco de poluição, talvez..

tá frio, meu pé tá gelado
*_*

_________________
Ales Blau.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://quasefuga.blogspot.com
luiz
Administrador.
Administrador.
avatar

Número de Mensagens : 204
Idade : 28
Data de inscrição : 13/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 12:38 am

ó a falta de amor aí, gente
tá até travando o fórum Sad

_________________
Ales Blau.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://quasefuga.blogspot.com
Eduardo~
Administrador.
Administrador.
avatar

Número de Mensagens : 131
Data de inscrição : 14/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 12:55 am

De pé em Aristóteles, como ele diz: "o ser humano é um animal político". Essa necessidade de convivência, de falar, de se expressar será que pode ser levada seriamente à concepção de amor? Num sentido mais frívolo, não no comumente aceito. Será o amor mera reprodução psicológica de todas essas convenções sociais, todos esses hábitos do nosso ócio diário, ou será algo involuntário, por acaso, como queimar-se num fogão, sem querer? Será algo realmente sublime? Será algo mais que vontade inerente e instintiva do ser como segurança para perpetuação da espécie? Será além de sublime, inefável? Quantas perguntas pra responder merda nenhuma. eita.
Esquecendo as problemáticas que levantei, "não esquencendo tanto assim", se há algo mesmo no ser, como uma razão, algo que lhe dê a capacidade de discernimento e de deliberar sobre as cousas, acho que "gostar", "amar" e "passatempos humanos a mais" devem ser tidos (com o pensamento agora na nossa cultura ocidental monogâmica), como um amor pela disposição de caráter do próximo, não pelas suas utilidades ou prazeres. E Aristotélicamente falando denovo, se tu possue um caráter rijo, virtuoso, (entendo-se virtuoso como um alimentar-se do elemento mais precioso do homem, a sua razão), prazeres e algumas utilidades hão de vir na relação dos dois. Pois se ambos forem virtuosos, haverão de cometer atos virtuosos, ter com eles belas palavas, e assim sendo, consequentemente haverá prazer e utilidade no meio dessa ponte de relacionamento. Talvez não encontre amor quem não procura amor. Procura prazeres, outrora utilidades, coisas assim de mais importância no dia-dia do: corre, trabalha e come brasileiro, e mundano. Não sei se tô certo, é tudo baseado em idéias sobre Ética que aprendi com Aristóteles, mas achei oportuno deixar algo aqui, e por ensejo e chatice da hora, vai uma trechinho de uma música...

Nem mesmo o amor existe...

(não revisei o texto, desculpem os eventuais possíveis erros ortográfico)
Beijos à todos e muito amor. :B

_________________
Honra.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
dinha
Aspirante.
Aspirante.
avatar

Número de Mensagens : 98
Idade : 28
Data de inscrição : 16/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 2:17 am

jaoisdjasoidjdsaoijsdaoijdsaojd
eu acho que nem o mais rigoroso inverno pode impedir o amor das marmotas ou seja de quem for, mas eu sou uma romantica incuráável Very Happy

o amor não é cético edu..
Citação :
acho que "gostar", "amar" e "passatempos humanos a mais" devem ser tidos (com o pensamento agora na nossa cultura ocidental monogâmica), como um amor pela disposição de caráter do próximo, não pelas suas utilidades ou prazeres. E Aristotélicamente falando denovo, se tu possue um caráter rijo, virtuoso, (entendo-se virtuoso como um alimentar-se do elemento mais precioso do homem, a sua razão),
aristotélicamente, aristotélicamente...conhece o verbo EDUzir?? chega de EDUções.. ajsdoijdsajddsa chegaaa de aristóteles!
Passatempos humanos a mais é reduzir à falta do que fazer.. eu não acho que a motivação seja ocupar o tempo ócio.. e amor não é só acasalamento, é amor ao que tú fazes, à que move tua alma, à uma luta, à uma causa, à alguém por que não??

o amor são os detalhes percebidos nas mais diferentes manifestação de beleza, no timbre de uma voz, na cor de um sonho, na textura de uma pele, na música de um silêncio... e os silêncios podem dizer tanto!
são pacotes sem endereço, recebidos num dia comum, de algm inesperado.. o amor é dúvida, é angústia e plenitude.

o amor é insanidade, intensidade e desejo.. é um penhasco, do qual vc não se importa de se atirar se puder voar por 5 segundos de eternidade.
aqueles 5 segundo que vão ficar passando como um curta por milhões e milhões de vezes na sua mente, sem que vc enjoe da cena.
amor é clichê, é dizer "eu te amo" pra pessoa certa, pra pessoa errada, pra sua mãe, pro seu amigo, pro mendigo na rua.. amor não é dedução, é encontro.. não é medida, é espera.

vontades súbitas, risos invertidos, prosa, aposta, o Big Blind e o Showdown..e é a sorte quem determina sua mão.. depois vc vê quanto ganhou, quanto perdeu, ajunta suas fichas, a experiencia que adquiriu, bebe mais uma dose e parte pra mais uma jogada.. o amor é um jogo de coincidencias e contradições..
é brincadeira de criança, esconde-esconde e pega-pega..
são enlaces de mãos e de espíritos.
amor é denominaDOR, mas não é número racional..são meios de se perder, são quartos pra se encontrar, são sextos-sentidos e sentimentos.

o amor não é uma pessoa, não é uma coisa.. é o todo.. é um tééédiooo sem remédio e um prédio desabando! aijsdoiasjdioasjiodas não interessa o que é, pra quem é.. não tem mau-uso nem contra-indicação..

(coraçõezinhos em rosa chock) ajsdoajdoajsodijsoidjaoijdoiassa


Citação :
"se tão contrário à si mesmo é o amor..." camões
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
dinha
Aspirante.
Aspirante.
avatar

Número de Mensagens : 98
Idade : 28
Data de inscrição : 16/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 3:16 am

e um brinde à estupidez humana drunken
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eduardo~
Administrador.
Administrador.
avatar

Número de Mensagens : 131
Data de inscrição : 14/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 1:36 pm

ksdopkaspkoskposa
Brindo contigo Dinha!

Quanto lirísmo nessa nossa colega aquática, tá certa Dinha, eu posso falar um dudunês se te agrada mais. Já vem outro assunto para discutir aqui, há um dudunês próprio ou formou-se um dudunês a partir de dinhanês, aristótelenês, florbelanês, sei lá.

Tu escreveu várias cousas belas de elevar a alma.
Mas dá pra resumir, se tu permite tal sordidez, teus argumentos como a inefabilidade sendo o ápice do amor, pois há todas aquelas coisas antagônicas sucedendo ao mesmo tempo.
Não disse, em hora alguma que o amor é cético, talvez te veio a idéia depois de ler tudo o que eu escrevi, estando por último a frase de uma música "nem mesmo o amor existe". E antes eu divagando, viajando, sobre cousas dele, acusando a sua existência.

Passatempos humanos a mais é reduzir à falta do que fazer.. eu não acho que a motivação seja ocupar o tempo ócio.. e amor não é só acasalamento, é amor ao que tú fazes, à que move tua alma, à uma luta, à uma causa, à alguém por que não??

Sim Dinha, concordo contigo quanto ao sentido que tu denotou da frase, mas se tu não levares a frase "passatempos humanos a mais" no sentido depreciativo, (difícil quando tu tens uma idéia feliz do amor, né querida? Também eu tenho, momento troca de personalidade, minha) pode ser sim levado à falta do que fazer, a necessidade (como eu tinha botado no começo do meu post anterior) de se relacionar para preencher um qual vazio existencial que parece ser próprio de nós, acho que por termos consciência disso tudo, (ao menos pensamos que temos) que não há a possiblidade de viver inteiramente instintivamente, é nossa toda essa poética, é da Dinha, minha e também do Louis, eu não vejo o amor como um sentimento a duvidar, só o vejo como um ponto ao de quê certeza não se pode ter, e nem deve tentar se ter, deve-se amar, tosco isso, mas é, sinta, viva e cala.
O que quero te dizer dinha e o que tentei no post anterior, é de que o amor talvez parte de uma necessida, mas não que essa seja a motivação, a motivação também acho eu como tu, relativa, pra uns pode ser uma garrafa de bebida forte e um cigarro, pra outros amar a airosidade do prórpio corpo e o gosto de um suco de laranja, outrem ache/sinta o amor vendo estrelas, outro ache a motivação pra tudo o que faz em seus estudos, e a Dinha nos negões from hell. \../

As palarvras... As palavras... Quais delas conseguem exprimir um quinhão da nossa alma? Um pedaço qualquer desdenhado na maior profundidade do nosso espírito...
Blá, blá, blá.

_________________
Honra.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
luiz
Administrador.
Administrador.
avatar

Número de Mensagens : 204
Idade : 28
Data de inscrição : 13/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 3:10 pm

depois de todas essas belas palavras já ditas, me resta dizer o que realmente penso:
o amor, verdadeiro amor, se resume a uma palavra: CÚRINTIA.



e tenho dito geek

_________________
Ales Blau.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://quasefuga.blogspot.com
dinha
Aspirante.
Aspirante.
avatar

Número de Mensagens : 98
Idade : 28
Data de inscrição : 16/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 4:15 pm

doiajsdoidoiajsasjdoiajoisjdaosidjsaijiodsjiodsajiosddaidsjiodsjoidas
mano do Curintia vééii, coloca a toca simbora zuáá! o amor é incompreendido.. quem poderia afinal, além do nosso estimado louis amar o curintia??

duu..brindamos à nossa insanidade, à nossa eloquência, e .. tãtãtãtããã: aos nosso amores! ao dudunês, às educões, ao dinhanês e meus dinhários..as metamorfoses e às fases da nossa vida.

Citação :
...não seja tão drástico, eu mesmo já vi um beija-flor beijar uma flor de plástico.
momento de trocas de personalidade ou não, senhor filósofo, te permitas.. I love you te permita amar, sentir essas coisas tão humanas, tão errôneas, que fazem doer, que fazem sangrar e que fazem também ser a força que te move..às vezes arriscamos e perdemos, mas nos resta a certeza de termos tentado.. às vezes caímos, quebramos a cara e o coração, mas tudo isso se ajeita com um band-aid colorido (eu particularmente aprecio os do pooh aoijsdodas) e algm que “amamos” pra fazer o curativo.

discutir amor como tú disseste, inefável amor.. indescritível mesmo que pudesse me apoderar de todas as palavras já ditas. Eis a sua beleza oculta, a forma de moldar cada contorno encontro e desencontro, fazendo do amor uma arte única ao seu escultor.


Citação :
O que quero te dizer dinha e o que tentei no post anterior, é de que o amor talvez parte de uma necessida, mas não que essa seja a motivação, a motivação também acho eu como tu, relativa, pra uns pode ser uma garrafa de bebida forte e um cigarro, pra outros amar a airosidade do prórpio corpo e o gosto de um suco de laranja, outrem ache/sinta o amor vendo estrelas, outro ache a motivação pra tudo o que faz em seus estudos, e a Dinha nos negões from hell. \../
asdpkasdpokasdpokasdpoads minha moral tá em alta Oo" Twisted Evil
stoulingrada rããneii! concordo que o amor é necessário, e eu amo o José, José Cuervo *.* aosdjoidjasoiasdjiodas e aposto que quem mais o conhecer fará jus ao sentimento que dedico à ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eduardo~
Administrador.
Administrador.
avatar

Número de Mensagens : 131
Data de inscrição : 14/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 11:45 pm

Citação :
...não seja tão drástico, eu mesmo já vi um beija-flor beijar uma flor de plástico.
momento de trocas de personalidade ou não, senhor filósofo, te permitas.. I love you te permita amar, sentir essas coisas tão humanas, tão errôneas, que fazem doer, que fazem sangrar e que fazem também ser a força que te move..às vezes arriscamos e perdemos, mas nos resta a certeza de termos tentado.. às vezes caímos, quebramos a cara e o coração, mas tudo isso se ajeita com um band-aid colorido (eu particularmente aprecio os do pooh aoijsdodas) e algm que “amamos” pra fazer o curativo.

Dinha do meu céu! Sad
Não cri no que li, eu não me permito? Eu que na boemia sempre canto aos que não se permitem "você que não gosta de gostar, pra não sorrir, não sofrer e não chorar, você vai ver um dia, em que fria você foi parar"
Não te creio dinha, assim nesse abraço da vida terei de dizer "ATÉ TU, BRUTOS??" à ti?


affraid affraid affraid affraid affraid affraid affraid affraid

_________________
Honra.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eduardo~
Administrador.
Administrador.
avatar

Número de Mensagens : 131
Data de inscrição : 14/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Seg Jul 27, 2009 11:56 pm

luiz escreveu:
depois de todas essas belas palavras já ditas, me resta dizer o que realmente penso:
o amor, verdadeiro amor, se resume a uma palavra: CÚRINTIA.



e tenho dito geek

Porra manu, num mechu cu sentimenu dus manu assim não, tá ligadu? Tô aqui, na parada, tenho que mostra responsa tá ligau? Não posso passa de frutinha aí como us playboyzinhu faz qui si não so passadu pá trás tá ligadu?
É que se sabi né? CURÍNTIA MANO!

_________________
Honra.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
dinha
Aspirante.
Aspirante.
avatar

Número de Mensagens : 98
Idade : 28
Data de inscrição : 16/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Ter Jul 28, 2009 12:08 am

doente de amorrr.. procurei remédio (e a posterior cura) na vida noturnaaa!!!
eduardo das minhas estrelas! Oo
aposdkpoasdkpoasdkposakdaospksapodkdsapodkaspodksapo
falando de modo geral baby e às vezes acontece fééra, mas sim, amor é pra ser pleno e eu não constumo me deixar abater por nada nesse mundo.. afinal, meus amores são tantos .. mas tantos!
.. e de amores, nem as flores sabem bem!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eduardo~
Administrador.
Administrador.
avatar

Número de Mensagens : 131
Data de inscrição : 14/02/2008

MensagemAssunto: Re: Reborn!   Qua Jul 29, 2009 12:50 am

Pra vocês verem como o amor é uma dor.

_________________
Honra.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Reborn!   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Reborn!
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Brain Damage ~ :: Para Discutir ~ :: Discussões Diversas;-
Ir para: